Destacado

Eu

d5694f_PR140110036p

A prosa sempre foi a vertente da poesia que mais me atrai. Escrevo desde que aprendi a ler e escrever , principalmente quando descobri a magia da poesia.

Os versos imberbes da infância deram lugar aos sofrimentos da paixão adolescente e finalmente cederam a vaga a realidade adulta.

Sou um poeta sem ser poeta, sem métricas ou rimas, cheio de saudades e triste como muitos poetas são.

Tenho inúmeras poesias espalhadas com muitas pessoas que merecem te-las, em minha posse tenho umas mil, mas a cada dia nasce uma nova, seja de alegria, tristeza, dor ou paz, nenhuma perfeita mas todas sinceras.

São letras, frases, poesia.

O fundo da minha tela do smartphone é branco, as letras são pretas, assim como as poesias que tanto escrevi em papel branco e canetas BIC pretas (confesso que algumas eram azul) mas no final sempre serão Poemas em Preto e Branco.

       Milton Cesar 

Anúncios

A beleza é tua poesia

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 42/150
Antes de começar a ler, clique no link e deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante.

No brilho do luar
Sinto você no ar
No sorriso e na vontade de ficar

C__Data_Users_DefApps_AppData_INTERNETEXPLORER_Temp_Saved Images_cc8f3049cd0cfe8f48ce0dbcd3c64db0

Não sei descrever

O que quero ver

Apenas dizer que quero você…

A beleza é a tua poesia

Sedução feito magia

Desejo incontrolável de ter você

Ao meu lado ou sei lá mais porque

Lábios carentes de beijos

Mãos ansiosas pela maciez do teu corpo

Teu cheiro

Teu gosto… teu rosto…

Esquecer que lá fora existe ainda um mundo

Esquecer que lá fora existe ainda tudo

Porque aqui dentro apenas eu e você

No brilho do luar
Sinto você no ar
No sorriso e na vontade de ficar

No calor da volúpia insaciável

Da febre de fazer amor

Te olhar nos olhos

E me entregar em ti

Traduzir tudo isso

Em uma declaração de amor…

azul

 

 

 

Entre nós
Ninguém irá ficar
Temos tanto pra sonhar
Temos tanto pra viver
O lado bom da vida
Com você melhor será

Entre nós

A doce sensação
Mais um dia de emoção
Tanta coisa pra dizer
Quando fico com você
Já nem sinto os pés no chão

Por isso estou aqui
Andando por aí
Olhando o céu e te seguindo
Numa estrela

No brilho do luar
Sinto você no ar
No sorriso e na vontade de ficar

Por isso estou aqui
Me faz te seduzir
E encontrar magia e sonho
Em tudo que você me diz

Me toque uma canção
Faz bem ao coração
Descobrir contigo o dom de ser feliz.

 

Sou de carne, ossos e poesia

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 41/150
Antes de começar a ler, clique no link e deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante.

I make my journey through eternity (Eu faço minha jornada através da eternidade)
I keep the memory of you and me inside(Eu guardo a lembrança de nós dois aqui dentro)

d9115ec63aaaeec49248343a4e7d62fb

Não quero dormir

Mas o sono não me deixa

Cansaço de noites de insônia

Se dormir não vou sonhar

Apenas para não ter que acordar

Enquanto sonho tenho você…

As flores que colhi

Com mil cores diferentes

Com seus perfumes e sua delicadeza

Singelos presentes…

Presos em buquês coloridos

Com laços e um cartão

Um poema e um recado

Uma declaração de amor…

Revelando um segredo…

Ou a verdade por trás do olhar

contando como o coração bate forte

Mas escrevendo ao invés de falar…

Não sou um príncipe encantado

Cavalgando um cavalo branco

Sou de carne, osso e poesia

Mas é você quem eu amo…

E isso basta?

Não!

Por que você ainda não está aqui.

Então sonho…

azul

 

 

 

Imortalidade
Então,este é quem eu sou
E isto é tudo o que sei
E eu devo escolher viver
Por tudo o que eu possa dar
A centelha que faz o poder crescer

E eu defenderei meu sonho se eu puder
Símbolo da minha fé em quem eu sou
Mas você é o meu único
E eu devo seguir na estrada que se encontra a frente
E eu não deixarei meu coração controlar minha cabeça
Mas você é meu único
Não diremos adeus
Não diremos adeus
E eu sei o que tenho que ser

Imortalidade
Eu faço minha jornada através da eternidade
Eu guardo a lembrança de nós dois aqui dentro

Cumpra o seu destino
Que está aí dentro da criança
Minha tempestade nunca acabará
Meu destino está ao vento
O Rei de Copas, o Coringa alucinado

Não diremos adeus
Não diremos adeus
Farei com que todos eles se lembrem de mim

Porque eu encontrei um sonho que deve se realizar
Ainda que cada parte de mim precise vê-lo
Mas você é meu único
Desculpe mas eu não tenho um papel no amor para interpretar
Abro mão do meu coração, eu encontrarei meu caminho
Eu os farei dá-lo a mim

Imortalidade
Há uma visão e uma chama em mim
Eu guardo a lembrança de nós dois, aqui dentro
Não digamos adeus

Com todo meu amor por você
E o que mais pudermos fazer
Não digamos adeus

Hora após Hora

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 40/150
Antes de começar a ler, clique no link e deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante.
C__Data_Users_DefApps_AppData_INTERNETEXPLORER_Temp_Saved Images_0b21e5316a7c9c3e0cd73d356450ce5b
A saudade de você tem apertado muito
O meu consolo é saber que você está feliz
Mesmo assim não consigo parar de sonhar com você.
E não consigo parar de te desejar mais ainda.
Ainda bem que o sonho é livre
não depende do nosso tempo,
da nossa agenda,
do nosso trabalho
nem de nenhum compromisso social.
Depende apenas de adormecermos…
O que fica é a saudade
(e só temos saudade do que foi bom)
E assim tudo o que precisamos é lembrar…
Sem derramar lágrimas…
Apenas recordar…
azul

Hora Após Hora
Deitada na minha cama
Ouço o tique-taque do relógio e penso em você
Presa em círculos
Confusões não são nada de novo
Recordações de noites quentes, quase esquecidas
Como uma mala de lembranças
Hora após

Às vezes você me imagina
Estou andando bem à frente
Você me chama
Não consigo ouvir o que você disse
Então você diz: Vá devagar, estou ficando pra trás
Os segundos se prolongam

Se você estiver perdido você pode procurar
E vai me encontrar, hora após hora
Se você cair, eu vou te segurar
Estarei esperando, hora após hora
Se você estiver perdido você pode procurar
E vai me encontrar, hora após hora
Se você cair, eu vou te segurar
Estarei esperando, hora após hora

Depois minha imagem desaparece
E a escuridão virou cinza
Observando pelas janelas
Você está pensando se eu estou bem
Segredos roubados de lá do fundo
A batida do tambor está fora do ritmo

Se você estiver perdido você pode procurar
E vai me encontrar, hora após hora
Se você cair, eu vou te segurar
Estarei esperando, hora após hora
Se você estiver perdido você pode procurar
E vai me encontrar, hora após hora
Se você cair, eu vou te segurar
Estarei esperando, hora após hora

Você disse: Vá devagar, estou ficando pra trás
O ponteiro dos segundos vai pra trás

Se você estiver perdido você pode procurar
E vai me encontrar, hora após hora
Se você cair, eu vou te segurar
Estarei esperando, hora após hora
Se você estiver perdido você pode procurar
E vai me encontrar, hora após hora
Se você cair, eu vou te segurar
Estarei esperando, hora após hora

Hora após hora

Apenas um reflexo

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 39/150
Antes de começar a ler, clique no link e deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante.

I followed the voice you gave to me (Segui a voz que você me deu)
But now I’ve gotta find my own (Mas agora tenho que achar a minha própria voz)

5a69222198e308f2ce8b41cebe1e4928

Dói andar sem a tua companhia

Como se a sua força fosse o que me fizesse caminhar

E se tudo que eu sou…

…fosse apenas o teu reflexo…

Eu não sei mais escolher sequer um restaurante

Um filme na Netflix

Ou de repente passear no shopping…

Agora eu sou apenas uma parte…

E tudo o que faço é tentar respirar dentro d’água

Mas entendi que já foi…

Agora é tempo de escrever um novo poema

Com a esperança de ser novamente feliz…

Deixar de ser pouco

E me tornar tudo…

Eu seguia a tua voz

Onde quer que eu ouvisse…

E me calava para te escutar…

Para ser teu…

Agora vou ser diferente…

Vou ter voz novamente

E depois ser feliz…

Ou menos triste…

azul

 

Escute

Escute a canção aqui no meu coração
Uma melodia que comecei mas não consegui completar
Escute a canção que vem do meu interior
Ela é só o começo para encontrar a libertação

Oh, a hora de meus sonhos serem ouvidos chegou
Eles não serão postos de lado e transformados
Em seus próprio sonhos, tudo porque você não vai
Escutar

Escute, estou sozinha numa encruzilhada
Não estou em casa, na minha própria casa
E tentei e tentei dizer o que tenho em mente
Você deveria saber

Oh, agora estou farta de acreditar em você
Você não sabe o que estou sentindo
Sou mais do que aquilo que você fez de mim
Segui a voz que você me deu
Mas agora tenho que achar a minha própria voz

Você deveria ter escutado, há alguém aqui dentro
Alguém que pensei que tinha morrido há muito tempo
Oh, estou gritando e os meus sonhos serão ouvidos
Eles não serão deixados de lado sobre palavras
Em seus próprio sonhos, tudo porque você não vai
Escutar

Escute, estou sozinha numa encruzilhada
Não estou em casa, na minha própria casa
E tentei e tentei dizer o que tenho em mente
Você deveria saber

Oh, agora estou farta de acreditar em você
Você não sabe o que estou sentindo
Sou mais do que você fez de mim
Segui a voz que você me deu
Mas agora tenho que achar a minha própria voz

Não sei onde pertenço
Mas vou seguir em frente
Se você não fizer isso, se você não vai

Escutar a canção aqui no meu coração
Uma melodia que comecei mas irei completar

Oh, agora estou farta de acreditar em você
Você não sabe o que estou sentindo
Sou mais do que você fez de mim
Segui a voz que você pensa que me deu
Mas agora tenho que achar a minha própria voz, minha própria

 

Boa noite

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 38/150
Antes de começar a ler, clique no link e deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante.

It’s over and done, but the heartache lives on inside
(Está terminado e acabado, mas a dor ainda vive aqui)

Você me ligou apenas para ouvir minha voz

Disse que tinha saudades de escutar seu nome

…sussurrado nos teus ouvidos

Me falou que escutava a nossa música

Prestando atenção em uma parte da canção

Agora que eu preciso de você
Lágrimas em meu travesseiro
Onde quer que vá
Eu vou chorar um rio
Que me leve ao seu oceano

Te revelei minha saudade

O quanto queria você aqui

Para não dormirmos a noite toda

Envolvidos num beijo que não acabaria

Você me ligou querendo estar comigo…

Mas sem explicar que não estava por escolha própria

Por um destes momentos estranhos

Que distanciam corações apaixonados…

Passava da meia-noite

E tudo eram apenas palavras ditas pelo celular

Te desejei boa noite

Não te pedi para voltar…

Antecipei o que me diria

Para poder desligar

Pois sei que o outro alguém ainda iria chegar

Então boa noite

Não precisa mais me ligar

Tente ser feliz com sua escolha

Nem vou chorar

Não nascemos para sermos reservas…

Quero apenas ser titular

Mesmo que ainda me custe algumas lágrimas

Vale a pena deixar…

azul

 

 

Está terminado e acabado, mas a dor ainda vive aqui
E quem é a pessoa que você está abraçando em vez de mim, essa noite?

E onde está você agora?
Agora que eu preciso de você
Lágrimas em meu travesseiro
Onde quer que você vá
Eu vou chorar um rio
Que me leve até o seu oceano
Você nunca me verá desmoronar

Nas palavras de um coração partido
Isto são apenas emoções tomando conta de mim
Presa à tristeza, perdida nesta canção
Mas se você não voltar, vir pra casa, pra mim, querido
Você não sabe que não haverá mais ninguém nesse mundo pra me abraçar apertado?
Você não sabe que não haverá mais ninguém nesse mundo pra me dar um beijo de boa noite?

Boa noite
Boa noite

Eu estou lá do seu lado
Sou parte de todas as coisas que você é
Mas você tem uma parte de outra pessoa
Você tem que ir em busca da sua estrela brilhante

E onde está você agora?
Agora que eu preciso de você
Lágrimas em meu travesseiro
Onde quer que vá
Eu vou chorar um rio
Que me leve até o seu oceano
Você nunca me verá desmoronar

Nas palavras de um coração partido
Isto são apenas emoções tomando conta de mim
Presa à tristeza, perdida nesta canção
(Não sabe que eu fico perdida sem você?)
Mas se você não voltar, vir pra casa, pra mim, querido
Você não sabe que não haverá mais ninguém nesse mundo pra me abraçar apertado?

Agora que eu preciso de você
Lágrimas em meu travesseiro
Onde quer que vá
Eu vou chorar um rio
Que me leve ao seu oceano
Você nunca me verá desmoronar

Nas palavras de um coração partido
Isto são apenas emoções tomando conta de mim
Presa à tristeza, perdida nesta canção
(Não sabe que eu fico perdida sem você?)
Mas se você não voltar, vir pra casa, pra mim, querido
Você não sabe que não haverá mais ninguém nesse mundo pra me abraçar apertado?
(Ninguém,ninguém para me abraçar)
Você não sabe que não haverá mais ninguém nesse mundo pra me dar um beijo de boa noite?
(Ninguém para me beijar,yeah)
Boa noite, boa noite

Quando foi mesmo?

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 37/150
Antes de começar a ler, clique no link e deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante.

3dbf6d2bd802f87b8b5abc6a90a0355a

Quando foi mesmo que deixei-me apaixonar?
O dia em que minhas defesas ruíram
E alguém chegou
Entrou e foi ficando?
Não sei mais…
Não lembro mais…
Talvez tenha sido naqueles primeiros olhares
Ou nas primeiras conversas
Quem sabe foi no primeiro beijo
Ou durante os muitos que se seguiram?
Quando foi mesmo?
Acho que foi quando fizemos amor
E nossos corpos pareciam apenas um
Excitados, extasiados, completados
Num orgasmo que se repetiu milhares de vezes
E todas elas tinham ela
Foi na primeira poesias contando sobre o amor
Ou na primeira pintura tentando traduzir o teu rosto
Aquela música que parecia feita sob encomenda
Ou na saudade que doía quando não dava para estar junto?
Quando foi mesmo?
Quando foi que deixei de ser eu mesmo
Para agradar você
Mudei até o modo de me vestir
O jeito de agir por você
Tentei ser o seu ideal
Ser o que você queria…
Mas nunca bastava…
Até que chegou o dia em que eu não me reconheci
E então descobri
Que não era eu o problema
Quando foi mesmo?
Numa tarde onde tudo que eu fazia estava errado…
Para você?
Ou será que foi no dia em que você não quis mais me beijar
Talvez no momento em que não ligava se eu estava lá ou não?
Ou quando pediu um tempo
Quando todo o tempo que eu tinha era teu?
A gente nunca foi perfeito
Ninguém é!
Quando foi mesmo?
Um ano, dois, três?
Não sei mais…
Apenas me lembrei…
Mas não sei mais nada…
Apenas sequei as lágrimas e continuei.

azul

 

 

Tradução: https://www.letras.mus.br/maria-mckee/352722/traducao.html

Tive a honra de ser indicado pela segunda vez ao The Entertainer Blogger Award.

O blog  https://escreversonhar.wordpress.com  me concedeu a honra de indicar-me ao The Entertainer Blogger Award.

13407194_1203713042974418_6824926069576761039_neu

Fortunata Fialho é uma escritora que eu admiro muito, eu sempre leio e releio suas poesias e cada vez mais fico seu fã . Grande inspiração para mim. Seu blog EscreverSonhar traz muito mais que poesias, traz um conteúdo maravilhoso para se ler e até refletir. Sugiro que cada um vá e visite seu blog https://escreversonhar.wordpress.com. Pode ter certeza que valerá cada hora que passar por lá. E a emoção que cada palavra vai causar será enorme. Agradeço de coração a Fortunata.

the-entertainer-blogger-award

As regras são as seguintes:

  • Agradecer a pessoa que te nomeou e adicionar o link do blog dela; (claro que eu não poderia deixar de fazer essa parte primeiro)
  • Incluir a imagem no seu post
  • Adicionar as regras, para que os outros as possam seguir;
  • Nomear pessoas que você ache divertidas, inspiradoras e agradáveis;
  • Responder as mesmas perguntas;

Vou indicar as pessoas que acho divertidas, inspiradoras e agradáveis. Bom foi muito difícil escolher os blogs que eu indicaria, eu leio muitos e muitos. Mas como eu não poderia indicar todos de uma vez eu escolhi alguns que também são muito especiais (na verdade todos os que leio são especiais):

EscreverSonhar

Recitos

Vida, Intensa Vida!  

Depressão com Poesia 

Frases & Poesias 

Palavras ao Vento 

Divagações & Pensamentos 

Poesia e Cia 

Bastidores da Escrita

Blog da Patinatrix

Essência da Poesia

Prosas e Café

De que servem as rosas?

Poesia em Fotografia

O Problematizador

Café, Amor e Poesia

Agora vamos responder as perguntas:

  1. Por que começaste com o blog?

Comecei pela necessidade que eu sentia de publicar meus textos e também pelo fato de que aqui no universo dos blogs as pessoas que acessam são mais interessadas no conteúdo do texto do que em mensagens rápidas e vazias perdidas nas chamadas redes sociais. Então percebi que um espaço onde eu teria liberdade para escrever era justamente em um blog e aqui estou.

2. Qual o seu livro preferido?

Tenho muitos livros preferidos, fica até difícil falar de um especifico.  Mas posso colocar que todos da Agatha Christie e A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 Dias que Mudaram o Mundo – Martin Gilbert (para ficar em poucos)

3. O que menos gosta?

Falsidade e inveja são os maiores pontos

4. Qual é a tua comida preferida no Shopping?

Pergunta difícil, eu gosto de muitas coisas desde o hambúrguer do McDonald’s, as pizzas do Pizza Hut, o frango do KFC e a comida de vários restaurantes. Não gosto de nada muito sofisticado e cheio de frescuras.

5. Qual é o teu passatempo preferido?

Eu adoro ler, escrever e desenhar. Mas como sou DJ também escuto muita música.

Esta é minha segunda indicação,  sendo que a primeira foi pelo blog Café, Amor e Poesia deixo aqui o link da primeira indicação também https://poemasempretoebranco.wordpress.com/2018/04/06/fui-indicado-ao-the-entertainer-blogger-award/