Destacado

Eu

d5694f_PR140110036p

A prosa sempre foi a vertente da poesia que mais me atrai. Escrevo desde que aprendi a ler e escrever , principalmente quando descobri a magia da poesia.

Os versos imberbes da infância deram lugar aos sofrimentos da paixão adolescente e finalmente cederam a vaga a realidade adulta.

Sou um poeta sem ser poeta, sem métricas ou rimas, cheio de saudades e triste como muitos poetas são.

Tenho inúmeras poesias espalhadas com muitas pessoas que merecem te-las, em minha posse tenho umas mil, mas a cada dia nasce uma nova, seja de alegria, tristeza, dor ou paz, nenhuma perfeita mas todas sinceras.

São letras, frases, poesia.

O fundo da minha tela do smartphone é branco, as letras são pretas, assim como as poesias que tanto escrevi em papel branco e canetas BIC pretas (confesso que algumas eram azul) mas no final sempre serão Poemas em Preto e Branco.

       Milton Cesar 

Anúncios

Tenho raiva…

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 79/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

Não sei!
Será que eu me enganei
O tempo todo com o seu olhar?

e53a5beccb29f166980dc7d45b1b2c8a

O coração acaba sofrendo

O corpo responde com dor

Os dias são curtos

A noite longa

O sono não vem

O apetite também não

Justo quando tudo o que eu fazia era te amar…

Sorrir, sonhar

Estava feliz…

Mas fui deixado

Abandonado como nada

Talvez por minha culpa

Por eu amar como amo

Ou talvez porque o prazo de validade do teu “amor” acabou

Não sei.

Tenho raiva

De cada canto desta casa

Do teu cheiro que impregna o meu ar

Da saudade que sinto

De cada lágrima que estes olhos tolos insistem em derramar

Tenho raiva de mim

Não tenho ódio de você

Mas tenho raiva de você

Me enganei com esta vida de filme

Acreditei que o tudo nunca cederia lugar ao nada

E agora?

Não sei se fui feliz

Não sei se voltarei a ser feliz?

Só tenho raiva

Quero te esquecer desde ontem

Mas o hoje ainda te traz estampado

Quero perder seu nome em meio a tantos nomes

Mas não tem jeito

Tenho raiva da minha fraqueza

De tentar te ligar

De não ficar um dia sem chorar

De ter perdido o sentido

Tenho raiva

E infelizmente é dela que me alimento…

azul

 

 

Te Amar Foi Ilusão
Bruno e Marrone

Eu sei!
Talvez eu tenha sufocado
O teu sentimento
Não consegui sintonizar
Teu pensamento
Saber o que você queria
Arrancar de mim
Me deixando assim…

Não sei!
Será que eu me enganei
O tempo todo com o seu olhar?
Apesar de tudo que vivi
Eu me deixei levar
Que ilusão foi te amar…

Vai encontrar
Alguém que você ame
E que te faça
O que fez comigo
E vai chorar
Cada lágrima que um dia
Derramei por te querer
Por te amar
E vai sentir
A dor da indiferença
Desse alguém que só
Te engana
Vai aprender a viver
E dar valor no amor
De quem te ama…

Não sei!
Será que eu me enganei
O tempo todo com o seu olhar?
Apesar de tudo que vivi
Eu me deixei levar
Que ilusão foi te amar…

Vai encontrar
Alguém que você ame
E que te faça
O que fez comigo
E vai chorar
Cada lágrima que um dia
Derramei por te querer
Por te amar
E vai sentir
A dor da indiferença
Desse alguém que só
Te engana
Vai aprender a viver
E dar valor no amor
De quem te ama…

Fica comigo hoje…

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 78/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

7b1a25e5658acc8323a4e9d24319397a

Te imaginei a muitos anos atrás

Te desenhei… pintei…

Escrevi poemas sonhando contigo

Sem saber que você se quer existia

Mas de repente você está aqui

Não é um sonho

Uma miragem

É de verdade e mais bela do que sonhei

Com estes lábios maravilhosos

Este olhar hipnotizante

E este rosto perfeito…

Fica comigo esta noite

Me deixe mostrar porque

Deixa eu beijar sua boca

Mordiscar seu pescoço

Seu colo, seus seios…

Deslizar pelo teu corpo te beijando…

Até que nossas roupas não se façam mais presentes

Fica comigo esta noite

Vamos brindar a madrugada

Fazendo amor sem culpa

Só para que quando raiar o dia

Você tenha certeza de que nunca mais partirá

Fica comigo…

Deixa eu escrever outra poesia

Com minha musa aqui…

Não mais um sonho

Materializada…

azul

 

 

Todo Coração Tem Jeito
Sampa Crew

Beijou por querer, ficou por prazer
Deitou sem perceber que perdeu a hora
Perdeu o café, ficou pro jantar
Não era pra amar
Mas tá amando agora
E aconteceu, quis prometeu
Pediu pra Deus ajudar
Ele atendeu, te mandou eu
Pra te provar
Que amor não escolhe balada
Nem conta as garrafas
Que você bebeu
O amor muda tudo do nada
Todo coração tem jeito
E o jeito do seu sou eu

Mas quando a gente quer
Não tem erro
Não precisa ter receio
O pensamento atrai
A sintonia faz
E a mágica acontece
Porque a gente se merece
A gente se parece, é pele é química
O destino fez perfeito
Desvendou cada secredo
Do jeito que o amor queria
Pra unir as nossas vidas

Pois é e aconteceu, quis prometeu
Pediu pra Deus ajudar
Ele atendeu, te mandou eu
Pra te provar

Que amor não escolhe balada
Nem conta as garrafas
Que você bebeu
O amor muda tudo do nada
Todo coração tem jeito
E o jeito do seu sou eu

Todo coração tem jeito
E o jeito do seu sou eu

Último beijo

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 77/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

Girl you are to me, all that a woman should be and I dedicate my life to you always. (Menina você é para mim,tudo que uma mulher deveria ser, e eu dedico minha vida a você, sempre)

1167551_579804628749762_954456004_o
Janaína Simões – modelo e atriz

Quando foi nosso último beijo?

Não consigo recordar

O sabor dos teus lábios lindos…

A gente nunca sabe quando foi o último beijo

Porque ninguém espera que seja o último

Será que nos beijávamos ainda?

Será que era apenas um selinho?

Mas eu queria apenas lembrar

Do último e verdadeiro beijo

Daquele que acende e leva para a cama

Daquele que antecede o fazer amor…

Quando foi que te beijei pela última vez?

Naquela noite comemorando o teu aniversário

Ou fazendo amor naquela praia…

Recordo sempre dos teus lábios

Adornando teu rosto lindo

Da maciez dos teus lábios

Do cheiro do teu cabelo

De você inteira

Quando foi o nosso último beijo?

Na segunda, terça ou sexta-feira?

Madrugada a dentro

Ou naquele bom dia

Foi na rua…

Foi na cozinha…

Tomando banho juntos…

Ou foi no dia em que você partiu…

Sem aviso…

Eu não sei…

Mesmo porque eu nunca saberia

Que poderia ser o último beijo…

Não preciso beijar

Eu preciso de apenas um tipo

Preciso dos teus lábios nos meus

Do calor da sua boca

Da força dos nosso beijos

Não quero beijar uma, dez ou mil mulheres

Quero apenas te beijar

Tentar te fazer voltar

E retornar ao sorriso

Quando foi o nosso último beijo?

Não sei…

… eu não queria que fosse o último.

azul

 

 

Sempre (Always)
Menina você é para mim,tudo que uma mulher deveria ser, e eu dedico minha vida a você, sempre
Um amor como o seu é raro, deve ter sido enviado do céu
E sei que você permanecerá assim para sempre

Coro:
E nós dois sabemos que nosso amor irá crescer, e para sempre assim será, você e eu
Oh, você é como o sol, afugentando toda a chuva
Quando você chega perto, traz dias mais brilhantes
Você é tão perfeita pra mim e pra sempre será
E eu vou amar tanto você, pra sempre

Verso 2
Venha comigo minha doçura, vamos formar uma família
E eles nos trarão alegria para sempre
Oh garoto eu te amo tanto, não encontro maneiras suficientes
Para você saber, mas você pode ter certeza sou sua para sempre

Coro: Repete

(Ooh…ooh…Eu vou te amar tanto, pra sempre.)

Ah, o tempo

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 76/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

Every time you go away (Toda vez que você vai embora)
You take a piece of me with you (Leva um pedaço de mim com você)

762cdb7268a98d0aa76e5525e13278a3

Minhas noites com você são únicas

Talvez sejam especiais

Inesquecíveis como boas lembranças

Curtas demais

Ah, o tempo…

Tão curto para quem está junto

Tão longo para quem espera…

Tão precioso para quem precisa…

Mas para quem ama…

O tempo não é nada…

Ou seria tudo?

E a lua prenuncia a tua chegada…

A ansiedade de poder te ver…

Abraçar-te e te amar…

Mas a madrugada se esvai

Como uma artéria cortada imprudentemente…

Levando consigo tudo…

E o sol anuncia sua partida…

E junto a ti vai meu coração…

Cada noite tem sido assim

Nestes cinco anos…

Falta uma peça do meu quebra cabeça

E esta peça é você…

Ah, o tempo…

Quanto tempo faz desde que realmente te vi?

Junte-se a mim neste sonho

Pois é só o que posso fazer…

Imaginar o que quero…

Mas não poder ter…

azul

 

Toda Vez Que Você Vai Embora (Everytime You Go Away)
Ei! Se podemos resolver qualquer problema
Então porquê desperdiçamos tantas lágrimas?
E então você se vai, novamente
Quando o cara mais importante aparece
Sempre a mesma coisa
Você não consegue perceber?
Nós temos tudo fluindo, sem parar

Toda vez que você vai embora
Leva um pedaço de mim com você
Toda vez que você vai embora
Leva um pedaço de mim com você

Continue e seja livre, sim
Talvez você esteja próxima demais para perceber
Eu posso sentir seu corpo se movimentar
Isso não significa tanto assim para mim
Eu não posso continuar dizendo a mesma coisa
Você simplesmente não consegue perceber?
Nós temos tudo
Você sequer sabe

Toda vez que você vai embora
Leva um pedaço de mim com você
Toda vez que você vai embora
Leva um pedaço de mim com você

Eu não posso continuar dizendo a mesma coisa
Porque, baby, você não consegue perceber?
Nós temos tudo fluindo, sem parar

Toda vez que você vai embora
Leva um pedaço de mim com você
Toda vez que você vai embora
Leva um pedaço de mim com você

Versos…

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 75/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

Some people live their dreams (Algumas pessoas vivem seus sonhos)
Some people close their eyes (Algumas pessoas fecham seus olhos)

d31b5a7ff390e7365e3cdc0f113eb02a

Tua poesia não começa com um verso

Começa com um sorriso teu

Com a luz do teu rosto

Nesta beleza ímpar

Que sempre me encantou…

Teus versos estão no seu olhar

Que espreitam minh’alma

Nestes olhos que me vêem

Como ninguém jamais viu

Tua poesia está no calor dos teus lábios

Nestes beijos que ganhei

Nesta boca sem igual

Num beijo doce como jamais beijei

A emoção de te ver

No tesão de ter você

Descobrir teu corpo nu

É tempo de te desejar ainda mais

Teus versos estão no meu coração

Como palavras ditas com toda emoção

azul

 

Terei Superado Você (I’ll Be Over You)
Algumas pessoas vivem seus sonhos
Algumas pessoas fecham seus olhos
O destino de algumas pessoas
Passam por elas

Não existem garantias
Não existem álibis
É assim que nosso amor deve ser
Não pergunte por que

Leva algum tempo
Deus sabe o quanto
Eu sei que posso te esquecer

Assim que meu coração parar de sofrer
Antecipadamente
Assim que o pra sempre chegar ao fim
Terei superado você

Lembrando de tempos passados
Promessas que uma vez fizemos
Quais são as razões por que
Nada permanece o mesmo

Houve noites
Em que eu te queria bem perto
Algum dia vou tentar esquecê-las

Assim que meu coração parar de sofrer
Antecipadamente
Assim que o pra sempre chegar ao fim
Terei superado você

Assim que meu coração parar de sofrer
Antecipadamente
Algum dia terei superado você

Assim que meu coração parar de sofrer
Antecipadamente
Algum dia terei superado você

Assim que meu coração

Tentando ser abraçado pelo sono

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 74/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

e82d1932600a17dd495d762bc71cab4b

Repouso a cabeça no travesseiro

Tentando ser abraçado pelo sono

De olhos fechados

Desejando dormir…

Estou cansado da insônia

Cansado de não conseguir sonhar

Com medo do pesadelo

De saber que estou só

Que você não voltará

A cama não é mais aconchegante

O quarto é uma prisão

Um calabouço de tristezas

Onde refugio-me

Onde esqueço a vida

Perdido…

Sem ser querido…

Posso desejar um novo amor

Mesmo querendo algo antigo

Ansioso pelas lembranças

ainda acordado às 3 da manhã

De repente apago

O corpo se rende a estafa

Não sei se é um sono

Ou um desmaio

Mas acordo sem saber que horas são

Mas ainda são 5 horas

E novamente estou desperto…

azul

 

Se Quiser – Tânia Mara

Se quiser fugir
Pra qualquer lugar que for
Nem precisa me chamar
Tão perto que eu estou

Mas seu medo de perder
Não te deixa me olhar
Esqueça o que passou
Que tudo vai mudar

Agora eu posso ser seu anjo
Seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal
Você me tem
Não vai se sentir só
Meu amor!

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
Hei! Hei! Hei! Hei!
Sua boca vai ter tanta sede
De me tomar
Se quiser!
Sempre que quiser ir às estrelas
Me dê a mão
Deixa eu te levar

Eu penso te tocar
Te falar coisas comuns
E poder te amar
O amor mais incomum
Não deixa o medo te impedir
De chegar perto de mim
O que aconteceu ontem
Não vai mais repetir

Me deixa então estar contigo
Seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal
Você me tem
Não vai se sentir só
Meu amor! Se quiser!

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
(Eu vou te dar!)
Sua boca vai ter tanta sede
De me tomar
Se quiser!
Sempre que quiser ir às estrelas
Me dê a mão!
Deixa eu te levar

Me deixa ser real
E te ajudar a ser feliz
Porque eu sou o seu fogo
Tudo que você quis
Tudo que você quis
Eeeeeh!

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
(Te dar!)
Sua boca vai ter tanta sede
De me tomar
(Sua boca vai! Sua boca vai!)
Se quiser!
Sempre que quiser ir as estrelas
Me dê a mão!
Deixa eu te levar
Hei! Hei! Hei! Hei!

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
(Eu vou te dar!)
Sua boca vai ter tanta sede
De me tomar
(Sua boca vai! Sua boca vai!)
Se quiser!
Sempre que quiser ir as estrelas
Me dê a mão!
Deixa eu te levar
Deixa eu te levar!
Deixa eu te levar!

Roube-me um beijo

Entre nós: papel, caneta, versos e vida – 73/150
Deixe a música tocando para que a experiência seja ainda mais interessante

Let’s cherish every moment we have been given for time is passing by                                (Vamos dar um passeio junto perto da costa do oceano, De mãos dadas você e eu)

9a35f2218b1419bf4e1bc96e9b95f669

Não me peça um beijo

Roube um.

Chegue e me beije

Sem aviso

Sem medo

Olhe nos meus olhos

Com este olhar que me seduz

Deixe que os olhos se fechem

Enquanto nossos lábios se tocam

Morda a minha boca

Me enlouqueça

Aqueça-me no calor dos teus braços

Nas curvas do teu corpo

Me deixe te beijar loucamente

Uma…

Duas…

Dez…

Mil vezes ainda será pouco…

Me beije de surpresa

Mesmo que o que eu mais queira

Seja um beijo teu…

Não peça licença

Não faça cerimônia

Beije-me com seus lábios de mel

Com o tesão que não se acaba

Com esta saudade que me mata…

Não fale nada

Não peça nada

Apenas me faça viajar na volúpia dos teus lábios

No calor da sua boca

Na excitação das línguas entrelaçadas

Não apenas uma vez hoje

Mas a todo instante

Enquanto este instante chamado vida durar…

Não me peça um beijo

Roube um.

Chegue e me beije

Sem aviso

Sem medo…

Porque tudo o que preciso

É de um beijo teu

azul

 

 

 

Apreciar (Cherish)
Vamos dar um passeio junto perto da costa do oceano
De mãos dadas você e eu
Vamos aproveitar cada momento que nos foi dado
Para o tempo que passa

Eu espero e rezo antes de me deitar ao seu lado
Se você receber sua chamada antes de eu acordar
Eu poderia fazer isso durante a noite?

Coro
Aprecie o amor que temos
Nós devemos apreciar a vida que vivemos
Aprecie o amor, aprecie a vida, aprecie o amor
Aprecie o amor que temos
Para enquanto que nós dois vivermos
Aprecie o amor, aprecie a vida, aprecie o amor

O mundo está sempre mudando, nada permanece o mesmo
Mas o amor vai resistir ao teste do tempo
A próxima vida que nós vivermos continuará a ser vista
Você vai estar ao meu lado

Eu sempre rezo antes de me deitar ao seu lado
E se você receber sua chamada antes de eu acordar
Eu poderia fazer isto durante pela noite?